A ANS alerta que pacientes que tenham procedimentos eletivos agendados conversem com seus médicos para que seja avaliado o adiamento, considerando que há uma sobrecarga tanto para profissionais quanto para a capacidade de atendimento dos estabelecimentos de saúde, além do risco de contágio. O médico assistente é o profissional que pode fazer essa avaliação e orientar o paciente da melhor forma.

A Agência ressalta também a importância de pacientes com doenças crônicas ou que estejam em tratamento para doenças graves, como câncer, manterem o acompanhamento clínico, não interrompendo os cuidados e fazendo uso da telessaúde sempre que possível.

Rogério Scarabel – Diretor Presidente Substituto na ANS

————————-

Informe da ANS

Cada um de nós pode fazer parte de um grande movimento de combate `Covid-19. Basta continuar mantendo cuidados como usar máscara, lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou álcool 70%, em gel ou líquido, e manter o distanciamento social permanecendo pelo menos a 1 metro de distancia das outras pessoas. Assim, você está se protegendo e somando esforços para impedir a propagação do coronavírus.

E, devido à sobrecarga do sistema de saúde, pacientes com procedimentos eletivos agendados devem conversar com seus médicos para que seja avaliado o adiamento. Lembrando, sempre, que pessoas com doenças crônicas ou que estejam em tratamento para doenças graves, como câncer, devem manter o acompanhamento clínico, não interrompendo os cuidados e fazendo uso da telessaúde sempre que possível.

Para a vida continuar, é preciso se cuidar. Faça sua parte contra a Covid-19! Saiba mais:
http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/coronavirus-covid-19/coronavirus-todas-as-noticias/6255-para-a-vida-continuar-e-preciso-se-cuidar